Clube Futebol Os Sadinos promove espetáculo para angariar verbas

Um jantar com espetáculo musical encheu, no passado dia 19 de novembro, a sede do Clube Futebol Os Sadinos, com quase uma centena de associados e amigos da coletividade.

De acordo com José Manuel Santos, presidente do clube, o evento teve como principal objetivo “conseguir angariar dinheiro para terminar umas obras que estamos a realizar”. A empreitada consiste no aproveitamento de um anexo do edifício-sede, sito na rua António José Batista, para criar uma área de balneários para os atletas.

Com a mestria de Artur Jordão ao piano e a voz doce de Diana Cravo, o concerto durou cerca de duas horas, após o jantar, percorrendo temas sobejamente conhecidos do grande público, num repertório que incluiu Bossa Nova, Fado moderno e música popular portuguesa e brasileira.

Durante uma pausa dos artistas, o presidente d’Os Sadinos aproveitou para agradecer publicamente a todos os que ajudaram a realizar as obras, começando pelo presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião (JFSS), presente no evento, “que cedeu todo o material para realizar a obra. É uma pessoa espetacular para a nossa freguesia”, expressou José Manuel Santos. Os agradecimentos estenderam-se a todos os que, voluntariamente, trabalharam na obra que incluiu pinturas, instalação elétrica e canalização, com a criação de casas de banho e chuveiros.

Recorde-se que a reabilitação do edifício teve início há cerca de dois anos, com várias intervenções que permitiram requalificar a sede do clube. Atualmente, com as obras da área para os atletas quase concluídas, o presidente da coletividade aponta já para uma nova obra: a recuperação de uma parte da cobertura que está degradada, com isolamento e alargamento das caleiras. Para tal, solicitou o apoio da JFSS, que, na pessoa do presidente Nuno Costa prontificou-se a ajudar no que for possível.

Para 2017, José Manuel Santos revela que, além de manter as equipas de esgrima cénica e de competição e o Grupo Coral Alentejano, quer apostar em novas modalidades. “Estou a pensar usar os apoios e verbas angariadas para fazer uma escola de Ténis para crianças e uma academia de Boccia”, indicou o dirigente associativo.