Festanima promete dez noites de muita diversão

Um leque de artistas apelativo, fogo-de-artifício, bailes, karaoke e petiscos são apenas alguns dos atrativos da 15ª edição da Festanima, cujo programa foi apresentado no dia 4 de julho, na sede do Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau, pela Associação de Festas Populares de S. Sebastião, responsável pela organização do evento, assim como pela Junta de Freguesia de S. Sebastião e pela Câmara Municipal de Setúbal, que prestam apoio à realização desta festa do movimento associativo.

O certame, que começa já hoje e se prolonga até dia 16 de julho, é fruto do trabalho da Associação de Festas Populares de S. Sebastião, composta por dez coletividades e criada propositadamente para organizar a festa, sendo que a Junta de Freguesia de S. Sebastião (JFSS) tem sido “um dos parceiros privilegiados da festa, sempre presente nos bons e nos maus momentos”, recordou Nuno Costa, presidente da autarquia.

“Traçámos e cumprimos dois grandes objetivos neste mandato” - começou por indicar o autarca, na apresentação da festa – “aumentar a comparticipação financeira para a Festanima, todos os anos e, ao mesmo tempo, fazer investimentos para torná-la mais autónoma, nomeadamente com a aquisição de mesas e bancos, vedações, e, este ano, um novo palco”, materiais que são propriedade da JFSS mas que “estão ao serviço da Festanima”. Todo este investimento somado à comparticipação financeira concedida anualmente à comissão de festas, perfaz um investimento total que ultrapassa os 50 mil euros, nos últimos quatro anos.

Além destes investimentos da JFSS, Nuno Costa revelou que estão a ser construídas, em conjunto com a Câmara Municipal, infraestruturas que facilitam a montagem da festa na Av. Belo Horizonte, nas Escarpas de Santos Nicolau, tais como canalização, esgotos e negativo de eletricidade, que estão já disponíveis para esta edição.
Madalena Lopes, presidente da comissão de festas, revelou que, apesar dos contratempos e dificuldades nas negociações e dos elevados ‘cachets’ pedidos, “tentámos trazer um leque forte de artistas” e “vamos a ter fogo-de-artifício outra vez”, algo que também se deve à angariação de patrocínios “que permitiram pagar aos artistas”.

Confiante no sucesso de mais uma edição, a tesoureira da Associação de Festas, Vera Godinho, expressou que “os obstáculos foram ultrapassados e a festa está cada vez melhor, com a credibilidade reforçada e maior participação”. Para isso muito tem contribuído “o apoio da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal, além do nosso trabalho no terreno”, destacou a responsável.

Por seu lado, Carlos Rabaçal, vereador da Câmara Municipal, sublinhou o facto de o certame ser organizado pelo próprio movimento associativo. “Numa era em que é tão fácil comprar as coisas feitas, é importante que iniciativas desta natureza mantenham a força popular”, manifestou o autarca, alegando ainda que a Festanima “tem uma qualidade cultural que não tem preço, pois é a vida comunitária e a entreajuda entre vizinhos que criam este projeto, e isso é algo de muito profundo e transformador”. “Parabéns à comissão de festas e à Junta de Freguesia que tem sido um pilar desta festa desde sempre”, concluiu.

Uma dezena de tasquinhas gastronómicas, exploradas pelas coletividades da freguesia, carrosséis, artesanato, exposições e espetáculos diversos prometem atrair novamente a população à Festanima, emoldurada por uma magnífica vista para uma das mais belas baías do mundo. O programa completo dos espetáculos pode ser consultado AQUI.