Duas centenas de pessoas ouviram o fado no bairro Afonso Costa

O projeto “Fado em Setúbal” proporcionou mais uma excelente noite de espetáculo, desta vez no jardim do bairro Afonso Costa, com organização da Junta de Freguesia de S. Sebastião, em parceria com a Câmara Municipal.

Mais de duzentas pessoas assistiram ao concerto com os fadistas Carla Lança, Eduardo Silva e Sara Margarida, acompanhados nas cordas pelos músicos Manuel Carlos Casalão e Carlos Pinto.

“Através deste projeto intimista, que descentraliza a cultura, estamos a fazer este caminho, com os artistas da cidade, de levar o fado aos vários cantos da freguesia”, indicou o presidente da JFSS no início do espetáculo. Revelando que tem um “carinho especial” por este o projeto itinerante, Nuno Costa referiu que o mesmo, iniciado em 2014, “é para continuar”.

O autarca aproveitou a oportunidade para esclarecer a população relativamente ao trabalho efetuado pela junta de freguesia durante o mandato, que está a chegar ao fim. “Não fizemos tudo, mas fizemos tudo o que dissemos que íamos fazer!”, expressou, esclarecendo que “apesar de ainda haver muito por fazer, cumprimos integralmente o nosso compromisso assumido para com a população” e “estamos satisfeitos de poder dizer às pessoas que cumprimos tudo e vamos continuar a fazer este trabalho, assim queira a população!”, concluiu.

Agradecendo a participação e o apoio dos moradores do bairro no evento, através da confeção e venda de petiscos no local, Nuno Costa anteviu uma “grande noite, na companhia de grandes fadistas”.

De facto, as expetativas não ficaram frustradas. Cada artista, com o seu estilo próprio, deu o máximo para tornar a noite memorável. Eduardo Silva, com o seu ar austero, de mãos nos bolsos, interpretou um repertório mais antigo, sobejamente conhecido pela plateia, onde não faltaram temas como “Aquela janela virada p’ro mar” ou “Cartas de amor”, entoados pelo público, do princípio ao fim.

A mais brincalhona e dinâmica Sara Margarida, sempre com um sorrido nos lábios, apresentou um fado corrido onde se destacaram temas como “Maria Lisboa” e “Havemos de ir a Viana”.

Por seu lado, Carla Lança brilhou com fados como “Que Deus me Perdoe” ou “Fado em Setúbal”, escrito pela poetisa setubalense Alexandrina Pereira. A fadista foi ainda protagonista de um momento especial quando convidou a sua filha, Joana Lança” a partilhar o palco, cantando em dueto o tema “Somos do fado a verdade”, escrito por José Raposo, que esteve presente no espetáculo.

A próxima noite de fados na freguesia acontece no dia 8 de setembro, pelas 21 horas, no jardim do Monte Belo, com a participação dos fadistas Carla Lança, Eduardo Silva e Maria do Céu Caetano.