Miguel Aleixo recebe medalha de “Valor e Mérito”

O presidente da direção do S. Domingos Futebol Clube foi agraciado, no dia 9 de junho, com o galardão "Valor e Mérito" da Confederação Portuguesa de Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto (CPCCRD).

A distinção, atribuída durante a sessão solene do 94º aniversário da CPCCRD e no âmbito das comemorações do Dia Nacional das Coletividades, premeia o “valoroso e produtivo trabalho em prol do seu clube e da comunidade que serve”, refere a CPCCRD.

Momentos antes de receber o prémio, Miguel Aleixo mostrou-se surpreendido com a distinção e revelou a sua fórmula para o sucesso. “Costumo dizer que: Trabalho + Trabalho = Evolução! Tem sido muito trabalho e muita devoção ao clube e às pessoas, principalmente às crianças”, afirmou o dirigente do S. Domingos que tem apostado muito no futebol de formação.

Apesar de ser um homem de poucas palavras, o galardoado fez questão de agradecer à Federação das Coletividades do Distrito de Setúbal por ter proposto o seu nome, à Confederação das Coletividades pela entrega da distinção e aos seus colegas de direção no clube que preside. Os agradecimentos estenderam-se igualmente a Ana Bordeira, diretora técnica do Centro Comunitário de S. Sebastião “que faz uma grande parceria connosco”, a Nuno Costa, presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião, à presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira e ainda a Nuno Soares, membro da direção do G.D. “Os Amarelos”, “que muito me tem ensinado”, concluiu.

O presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião, que recebeu, na mesma cerimónia, o diploma "Associativismo na Informação Autárquica", em nome do executivo, mostrou-se satisfeito com a atribuição do prémio a Miguel Aleixo, cuja “tenacidade e determinação” como dirigente associativo considera terem sido determinantes para o sucesso do clube nos últimos anos.

À frente do S. Domingos F.C. desde 2012, Miguel Aleixo filiou-se no clube em 1976 e aos 20 anos de idade já manifestava vontade em ajudar os diretores de então nas tarefas de organização de torneios no verão. Com a ameaça eminente de encerramento da coletividade, aceitou ser seu presidente, tendo conseguido que o clube recuperasse da sua difícil situação e passasse de 87 para 551 filiados, tendo sido também responsável pela recuperação das relações com outras coletividades.

Sob a sua presidência, o São Domingos Futebol Clube recebeu novas instalações por parte da Câmara Municipal e passou a ter modalidades de futebol, como não tinha há 30 anos, assim como secções de pesca, BTT e futebol de praia sénior.

Além de ser presidente do S. Domingos, Miguel Aleixo acumula as funções de vice-presidente da Associação de Coletividades do Concelho de Setúbal e de vice-presidente da Associação de Acordeonistas de Portugal, integrando ainda o conselho fiscal da Associação de Festas Populares de S. Sebastião.