Escola Luísa Todi conquista ”Bandeira Verde”

A Escola Básica Luísa Todi hasteou, na quarta-feira, dia 26 de outubro, a Bandeira Verde, galardão do programa Eco-Escolas que reconhece as boas práticas na área da educação ambiental e o civismo ecológico daquele estabelecimento de ensino.

“Ganhámos a Bandeira Verde porque estamos preocupados em preservar o planeta e o futuro das próximas gerações e tivemos atos de cidadania que levaram a conquistá-la, com o empenho e motivação de toda a comunidade educativa”, manifestou António Batista, director do Agrupamento de Escolas Luísa Todi (AELT), durante a cerimónia de hastear da bandeira.

O docente revelou a intenção de manter a distinção nos anos seguintes. “Não podemos ficar por aqui. Para o ano queremos reerguê-la, e para isso temos que trabalhar: recolhendo o lixo, preservando os seres vivos, as árvores e pensando no futuro”.

A mesma vontade foi expressada por Vítor Ferreira, presidente do Concelho Geral do AELT que espera que a instituição continue “a marcar uma diferença na defesa do ambiente”. O dirigente lançou ainda um repto a alunos e professores para que “um dia estejamos a hastear a bandeira do sucesso escolar e para isso precisamos do trabalho de todos”.

A necessidade de alargar os comportamentos ecológicos para fora da escola foi realçada por Isabel Quadros, em representação da Junta de Freguesia de São Sebastião. “Apelo para que haja, todos os dias, uma bandeira verde nas vossas casas, nos espaços públicos, nos jardins, nos passeios, nas praias e em todo o lado, deixando a zona de que estivemos a usufruir limpa e agradável para os outros”.

O eco-código do AELT, um conjunto de regras e comportamentos para conservar o ambiente em casa, na escola e na região foi apresentado por alunas do 9º ano que revelaram a expectativa de observar “mais atitudes verdes de todos, porque os grandes movimentos começam com atos pequenos”. De referir que este documento foi afixado em todas as escolas de 1º ciclo do AELT.

A Bandeira Verde foi hasteada ao som do Hino Eco-Escolas, da autoria de Ivone Campos, cantado por alunos do 5º ano. Este momento foi antecedido pela recitação de dois poemas alusivos ao ambiente e à reciclagem, pelo aluno João Caiado, do 6º ano.