Autarcas apresentam obras realizadas no bairro Santos

A Câmara Municipal de Setúbal (CMS) e a Junta de Freguesia de S. Sebastião (JFSS) reuniram com moradores do bairro Santos Nicolau, no passado dia 10 de dezembro, para apresentação das intervenções realizadas ou em curso naquele território, na sequência de propostas acordadas previamente entre as autarquias e a população.

Um conjunto de intervenções, impulsionadas por fundos comunitários aos quais a Câmara Municipal se candidatou, está a requalificar o bairro Santos Nicolau, em zonas onde existiam algumas deficiências ao nível de infraestruturas.

Neste momento já estão concluídas algumas ações de melhoria das acessibilidades e da higiene urbana, nomeadamente nas ruas I, Henrique Freire e Fonte do Lavra que incluíram estacionamento automóvel, pavimentação das artérias, sinalização e rebaixamento de passadeiras, colocação de contentores RSU e beneficiação da rede de esgotos e abastecimento de água. A lista de intervenções terminadas inclui também a requalificação integral do Jardim das Energias, tanto a nível paisagístico, como da mobilidade e das acessibilidades.

A requalificação da avenida belo Horizonte, que constitui uma das maiores obras assumidas pelos autarcas, está atualmente em curso, abrangendo a reestruturação da rede pública de esgotos e abastecimento de água; a requalificação de passeios, com rebaixamento nas zonas de passagem de peões; a melhoria do estacionamento automóvel; a criação de zonas verdes, com arbustos e árvores e a instalação de mobiliário urbano e de pérgolas, originando uma zona de estar e de convívio para a população. De acordo com a Câmara Municipal, o investimento nesta avenida ronda os 212 mil euros, prevendo-se a sua conclusão durante o 1º trimestre de 2019.

A colaboração da Junta de Freguesia de S. Sebastião na requalificação do bairro, “à medida das suas capacidades” foi destacada pelo seu presidente, Nuno Costa, que enumerou as ações já concluídas, solicitadas pelos moradores, nomeadamente: colocação de guarda metálica na rua Dr. José Barros Vasconcelos; fixação de contentores em várias ruas do bairro; conclusão de um passeio descontinuado na av. Belo Horizonte, junto à interseção com a av. da Bela Vista; colocação de bancos na av. Belo Horizonte; limpeza e terraplanagem do campo de futebol naquela artéria; reparação e aplicação de primário em muro na mesma avenida, para a pintura de um graffiti que está a ser criado pela CMS; requalificação do pavimento do caminho do então Jardim Camilo Castelo Branco, antes deste sofrer uma intervenção de fundo por parte da CMS e ser rebatizado como Jardim das Energias; cedência de tintas para a pintura da escadaria junto à sede do G.D. Os Amarelos e fixação desses corrimões.

Para além das artérias já referidas, as autarquias têm em curso, ou com início previsto para breve, obras nas ruas Gregório Freitas, Major Pedroso Gamito, João Vaz, entre outras. De acordo com dados apresentados pela CMS, a totalidade das intervenções neste bairro traduzem-se num investimento municipal de mais de 700 mil euros.

À semelhança do que já aconteceu noutros bairros da freguesia, esta reunião serviu também para auscultar os moradores sobre outras questões pertinentes para a regeneração urbana do território. Nesse sentido, foi constituído um grupo de moradores voluntários que se disponibilizaram para discutir e aprofundar ideias com os técnicos municipais, ajudando as autarquias a encontrar as soluções mais ajustadas à vivência no bairro, indo ao encontro da vontade da população.