Rainha das Matrafonas coroada no Bairro Santos Nicolau

O Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau decidiu reavivar a tradição das matrafonas neste Carnaval, retomando o habitual jogo de futebol “Matrafonas Intercoletividades” e criando a 1ª edição da Rainha das Matrafonas, eventos que se realizaram no dia 11 de fevereiro.

O campo de futebol dos Ídolos da Praça recebeu o jogo das matrafonas que opôs o Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau (NABSN) ao Núcleo Recreativo de Desportivo Ídolos da Praça, numa animada manhã de convívio que terminou com um almoço entre os participantes.

“Foi um espetáculo interessante!”, expressou o presidente da assembleia geral do Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau, afirmando não querer deixar morrer esta tradição “que já existe há muitos anos”.

Além da tradicional partida de futebol, a coletividade realizou, pela primeira vez, um concurso para eleger a Rainha das Matrafonas, precedido de um desfile de Carnaval pelas ruas do bairro. Ao som do Grupo de Percussão da APPACDM, matrafonas e foliões desfilaram pelas ruas Dr. António Rodrigues da Costa; Rodrigo Ferreira da Costa; D. Pedro Fernandes Sardinha e Estevão Liz Velho, onde pararam, frente à sede do Grupo Desportivo Os Amarelos, regressando depois à sede do NABSN.

Após o desfile, teve início o baile, animado pelo Duo Musical Ricardo & Jorge, seguido da eleição da Rainha das Matrafonas Intercoletividades. O júri, composto apenas por mulheres, entre as quais Maria José Namorado, vogal da Junta de Freguesia de S. Sebastião, com o pelouro da cultura e desporto, elegeu “Maria Leal” como rainha e a noiva “Juju” como dama de honor. Além da coroa, a Rainha das Matrafonas ganhou uma grade de minis, enquanto a segunda classificada levou para casa uma garrafa de moscatel.

“Para o ano queremos fazer novamente este concurso, para criar um hábito e uma tradição”, explicou João Praia, apresentador do concurso e candidato a vice-presidente da coletividade que vai a eleições ainda este mês.

O conhecido cenógrafo das Marchas Populares de Setúbal quer implementar novas ideias e iniciativas na coletividade. “Para além do Carnaval e das Marchas, vamos comemorar o mês da Liberdade, em Abril, com uma noite de fados e vamos criar um grupo de teatro que para o ano fará uma Cegada de Carnaval”, revela. Em junho, o Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau assinala 25 anos de vida com uma exposição, na sua sede, alusiva às atividades que a coletividade realizou desde 1993.

“Temos que animar o bairro e as pessoas têm que acompanhar mais a vida do bairro e da coletividade”, manifestou João Praia, apelando aos setubalenses para que “visitem o bairro Santos Nicolau, que tem muita historia, tradição, cheiro a maresia e uma vista magnífica para o rio Sado”.

As celebrações carnavalescas terminam hoje com o Enterro do Bacalhau, com saída da sede de “Os Amarelos” pelas 21h30, e leitura do testamento, da autoria de João Praia, no Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau, terminando com o show das viúvas.