Estúdio NBNC da Bela Vista dinamiza oficinas técnicas

O estúdio de som e imagem, instalado no Espaço NBNC da Bela Vista, no âmbito do programa municipal Nosso Bairro, Nossa Cidade, reabriu as portas em maio e está a realizar um conjunto de oficinas técnicas que abordam temáticas diversas ligadas à produção, edição e divulgação musical e audiovisual.

Estas oficinas intensivas, a decorrer entre maio e julho, são gratuitas e visam formar, rápida e solidamente, os moradores dos bairros envolvidos no programa Nosso Bairro, Nossa Cidade, no sentido destes se autonomizarem no uso do estúdio de gravação, assim como da sala multiusos do Espaço NBNC da Bela Vista.

O objetivo é que, a curto prazo, os moradores estejam aptos a operar todo o aparelho técnico destes espaços, maximizando a utilização e potencialidade do mesmo, e, simultaneamente, contribuindo para sua a expressão artística e cultural.

Através da colaboração de profissionais experientes e conhecedores das tendências técnicas e estéticas atuais, as formações garantem, com um caráter prático, uma visão contemporânea e informada do mercado, em cada uma das áreas abordadas.

A primeira oficina sobre “Iluminação para teatro e Performance” decorreu a 22 de maio, com o técnico Luís Gomes, do Teatro Ibérico e a seguinte realizou-se no dia 29 de maio, sobre “Gestão, Produção e Divulgação Musical”, com o músico e produtor Marcus Veiga (Scúru Fitchádu, Festival O Sol da Caparica).

Para junho estão já previstas mais quatro oficinas, a decorrer sempre ao sábado, com datas ainda a definir, entre as 10h e as 17 horas. A única já com data marcada é a de “Som ao Vivo”, com o técnico de som Bruno Lobato “Brunex” (Dino Santiago, Stereossauro), no dia 12 de junho. Inscrições obrigatórias através de DM no Instagram estudio_nbnc_bv. “Operação de Camera Vídeo”, “Operação Edição e Pós-produção Vídeo”, ambas com Orlando Podence “Deja-Vu” (Kubrik Films) e ainda oficina de “Mistura e Mastering de Música Eletrónica”, com o músico Nuno Santos “Xullaji”, da Khapaz - Associação Cultural de Jovens Afro-descendentes, são outras das formações previstas. Estas oficinas constituem uma primeira abordagem a estas áreas, podendo posteriormente, dentro dos interesses dos moradores, ser desenvolvidas de forma mais aprofundada e extensa.

Em funcionamento desde outubro de 2020, o estúdio, construído pela Câmara Municipal, no âmbito do programa Nosso Bairro, Nossa Cidade, contou com um apoio financeiro da Junta de Freguesia de S. Sebastião para a aquisição de um programa informático de gravação e edição de ficheiros áudio, recurso que contribui para criar condições para que os utilizadores desenvolvam os seus projetos individuais ou coletivos, em várias áreas artísticas como a música, o teatro, a dança, entre outras.