Remo Clube Lusitano inaugura novo barco de treino

Realizou-se, no passado dia 30 de julho, o batismo da nova embarcação do Remo Clube Lusitano, equipamento adquirido com o apoio da Junta de Freguesia de São Sebastião, destinado ao treino de jovens iniciantes da modalidade de remo.

Um barco skiff, uma espécie de canoa muito longa e plana, apropriada para a prática da modalidade de remo, é a mais recente aquisição na frota da escola de remo do Remo Clube Lusitano (RCL), batizada no passado sábado, na presença do presidente e do secretário do executivo da Junta de Freguesia de S. Sebastião (JFSS).

Adquirida no final de 2021, com o apoio financeiro e logístico da Junta de Freguesia de S. Sebastião, a pequena embarcação, carinhosamente batizada de “Costa”, em homenagem ao presidente da JFSS, Nuno Costa, “é a materialização da aposta que o clube e a cidade de Setúbal fazem nos desportos náuticos”, expressa a direção da coletividade, que agradeceu o apoio prestado.

O presidente do executivo da JFSS endereçou um profundo agradecimento aos dirigentes associativos e treinadores pelo seu “trabalho voluntário e abnegado, sem o qual seria impossível oferecer e manter uma ação desportiva tão abrangente ao serviço da comunidade” e elogiou “o esforço e dedicação no trabalho realizado com os atletas, maioritariamente crianças e jovens, não só na formação desportiva, mas também cívica”. O autarca congratulou ainda o clube pelos excelentes resultados competitivos que tem alcançado.

Nuno Costa considerou que o sucesso da ação do clube não é alheio à estratégia municipal de transformação e desenvolvimento da cidade no sentido de permitir e alargar a prática de atividades náuticas no rio Sado, aproximando simultaneamente a população do nosso património natural. A cedência de um pavilhão ao RCL, sito entre a Praia da Saúde e o Parque Urbano de Albarquel (PUA), com acesso direto à água, para desenvolvimento da sua atividade, aliada à criação do Centro Municipal de Natação de Águas Abertas e do Centro Náutico Municipal, localizados no PUA, são exemplos dessa perspetiva que contribui para um concelho mais ativo e saudável.

O investimento da Junta de Freguesia de S. Sebastião no movimento associativo é também um dos elementos que têm contribuído para viabilizar as atividades do RCL. “Valorizamos e reconhecemos o mérito do trabalho do clube e, embora não sejamos os únicos a fazê-lo, assumimos a responsabilidade de garantir apoio, desde a sua fundação, criando condições para o desenvolvimento das suas atividades, através da contratualização anual de dotações financeiras e apoio logístico”, concluiu o presidente da autarquia.