Autarcas reivindicam melhores transportes públicos

Os presidentes da Câmara Municipal de Setúbal e das juntas de freguesia do concelho entregaram ontem, ao final da tarde, uma carta reivindicativa à empresa Alsa-Todi, operadora de transportes públicos em Setúbal, através da qual exigem “a urgente normalização da prestação dos serviços de transportes públicos”.

No seguimento de uma posição pública divulgada a 1 de agosto pela Câmara Municipal e pelas cinco freguesias do concelho: São Sebastião, União de Freguesias, Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, Sado e Azeitão, na qual os presidentes destas autarquias expressaram a sua “enorme preocupação”, face “à evolução da prestação de serviços pela Carris Metropolitana no território do concelho desde 1 de junho”, marcada “por falhas e deficiências”, tais como “a supressão de horários, os constantes e significativos atrasos no funcionamento de várias linhas e a falta de informação sobre horários aos utentes”, os autarcas deslocaram-se ontem aos escritórios da Alsa-Todi, onde reuniram com Juan Gomez, diretor-geral da Alsa Todi, e Fernando Esteves, administrador da empresa, e entregaram uma carta reivindicativa.

Na missiva, os autarcas apontam a necessidade de suprir as deficiências verificadas e garantir o funcionamento do serviço com qualidade em todas as carreiras e, em especial, nas que servem os estabelecimentos de ensino.

“Estamos a tomar medidas, no sentido em que não há mais tempo a perder e não há mais condescendia neste tipo de relação com esta operadora”, afirmou André Martins, presidente da Câmara Municipal de Setúbal, após o encontro.

O edil revelou que foi exigido à empresa que informe as autarquias, até ao próximo dia 16 de setembro, sobre os meios que tem em utilização no concelho, nomeadamente as linhas em funcionamento e os respetivos horários. “Aguardamos o envio dessa informação, para a podermos divulgar à população”, indicou André Martins, adiantando que está prevista a realização de uma reunião pública com a população, no próximo dia 20 de setembro, para verificar se, na prática, o serviço está a funcionar sem falhas.

Além de André Martins e de Rita Carvalho, vereadora com o pelouro da Mobilidade, estiveram presentes na reunião os presidentes das juntas de freguesia de São Sebastião, Nuno Costa; da União das Freguesias de Setúbal, Rui Canas; do Sado, Marlene Caetano; de Azeitão, Sónia Paulo; e de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, Luís Custódio.