Amarelos estreiam renovado campo da Bela Vista

O novo relvado sintético do Campo Municipal da Bela Vista foi estreado, no passado dia 8, num torneio de futebol infantil organizado pelo Grupo Desportivo “Os Amarelos”.

Apesar da inauguração e conclusão da empreitada do complexo desportivo só estar prevista para daqui a cerca de um mês, “Os Amarelos” puderam estrear o novo piso, num torneio que juntou as equipas infantis do clube anfitrião, da União Moitense, do Centro Mini Futebol “Os Janitas” (Torres Vedras) e do Centro Cultural e Desportivo Brejos de Azeitão (CCDBA).

Para o G.D. “Os Amarelos” este melhoria das condições do complexo desportivo “vai propiciar o desenvolvimento do futebol de formação do clube”, manifesta o presidente da direcção, Júlio Adrião. “Quando se melhoram as condições, há mais afluência, há mais miúdos a quererem jogar e melhores condições para eles se desenvolverem”, concluiu o dirigente associativo.

Já para o presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião, o impacto daquele equipamento no território “é bem mais profundo” porque, além de impulsionar a actividade do clube, reveste-se de uma “importância vital para a Bela Vista e zona envolvente, para a freguesia de S. Sebastião e para o concelho”.

Nuno Costa lembrou que a requalificação do complexo desportivo da Bela Vista é apenas uma das faces da “transformação profunda do território”, onde se inserem também os Polidesportivos e Campos de Ténis do Parque Verde da Bela Vista, a Pista de BMX e a reabilitação dos edifícios nos bairros. Tudo isto, aliado ao projecto Nosso Bairro, Nossa Cidade, que proporcionou uma transformação social, com a realização de um conjunto de actividades, pelos próprios moradores, com acompanhamento da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal, como, por exemplo, a constituição de condomínios, a organização de festas de moradores, a limpeza dos bairros, etc.

“Ficamos muito satisfeitos por, num curto espaço de tempo, vermos a requalificação destes equipamentos, que têm a mesma qualidade que noutros territórios da cidade, e que permitem impulsionar as atividades de participação das pessoas, a sua organização e valorização”, manifestou o autarca.

A requalificação do equipamento municipal, que teve início no final de julho, insere-se, de acordo com o vereador Pedro Pina, “numa estratégia de desenvolvimento desportivo da Câmara Municipal de Setúbal que tem requalificado vários campos pelados” como os campos municipais da Várzea, o campo do Moinho, no Bairro Dias e o campo da Boneca, no bairro Pote d’Água, em conjunto com a Junta de Freguesia de S. Sebastião (JFSS), e ainda a construção, de raiz, de um campo de jogos no Monte Belo Norte, também com o apoio da JFSS.

Estes investimentos, que totalizam um valor de cerca de 150 mil euros, permitem “dar melhores condições aos praticantes e aos clubes que já tinham a sua actividade nestes equipamentos”, mas, o objetivo é que “estejam ao serviço de toda a comunidade”, explica o vereador. Relativamente a novos investimentos na requalificação de campos pelados, Pedro Pina indica que vão continuar, faseadamente, mas alerta que “o futebol não pode ser alvo de todo o investimento” e que existem outras áreas desportivas importantes nas quais a autarquia pretende apostar, tais como a náutica, o BTT e o trail.