Parque Verde da Bela Vista recebeu Corrida da Liberdade

A Corrida da Liberdade, evento desportivo realizado na manhã de 25 de abril, atraiu centenas de pessoas ao Parque Verde da Bela Vista. O evento, organizado pela Junta de Freguesia de S. Sebastião e pelo movimento associativo, integrou o programa de comemorações do 48.º aniversário da Revolução dos Cravos.

Centenas de pessoas participaram nas provas da 15.ª edição da Corrida da Liberdade, numa manhã dedicada ao desporto, organizada com o objetivo de celebrar a revolução de 25 de Abril de 1974, promover o convívio, o lazer e a prática desportiva.

“As comemorações do 25 de Abril fazem-se de várias formas. Há muito que a Junta de Freguesia, em parceria com o movimento associativo decidiu comemorar Abril desta forma, trazendo as pessoas à rua, para praticarem atividade física e conviverem livremente porque esta também uma expressão do 25 de Abril”, referiu o presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião, Nuno Costa, durante o evento.

Recordando que “só este ano conseguimos igualar o tempo da democracia ao tempo da ditadura”, o autarca indicou que as celebrações do aniversário da revolução realizam-se numa circunstância muito especial com o arranque do programa do 50.º aniversário daquela efeméride que celebra a liberdade e a democracia em Portugal. O programa, intitulado “Venham Mais Vinte e Cincos”, que decorrerá entre 2022 e 2025, tem como objetivo “ter impacto na sociedade setubalense” e “deixar uma marca muito forte dos 50 anos”, explicando a quem não viveu a revolução, o significado desta data e “a necessidade de estarmos alerta porque se não cuidarmos da democracia podemos voltar a cair na noite escura da ditadura”, revelou Nuno Costa que desafiou a população a participar nas atividades e na própria construção do programa, aberto ao contributo de todos.

A Corrida da Liberdade incluiu uma prova de 10 Km, que percorreu vários arruamentos da cidade; uma prova infantil, com dois escalões etários, cujo percurso se inseriu no interior do Parque Verde da Bela Vista; e ainda uma caminhada de 5 Km na qual participaram cerca de 190 pessoas, entre as quais 26 utentes da União Desportiva para a Inclusão da APPACDM Setúbal, no âmbito do desporto adaptado.

Após as provas, que decorreram com muita energia, num ambiente competitivo salutar e de entreajuda, o presidente da Junta de Freguesia e restante executivo, assim como representantes de alguns parceiros da organização, entregaram troféus, medalhas e lembranças aos atletas mais velozes.

Na categoria feminina da classificação geral da prova de 10 Km, o primeiro lugar do pódio foi conquistado por Carla Alexandra, do Beja Atlético Clube que completou o percurso em 47 minutos e 17 segundos e arrecadou igualmente o 1º lugar do escalão dos 50 aos 59 anos. Já a segunda posição, tanto na classificação geral como no escalão F50, foi ocupada por Ana Assomar e o terceiro lugar da geral coube a Sara Magalhães.

Na categoria masculina, Nuno Rodrigues do Vitória Futebol Clube foi o mais rápido, com a marca de 33 minutos e 25 segundos, seguido por João Rebelo no 2º lugar e Mário Macheta, da DXC Tri Amazing, em 3º. Os três atletas ocuparam as mesmas posições da classificação no escalão de seniores (18 aos 39 anos).

Entre os atletas que ganharam a prova, nos diversos escalões etários, destaque ainda para os dois participantes septuagenários que conquistaram o pódio no escalão M60: António Borla, de 76 anos, representante do Clube de Praças da Armada e Joaquim Viegas, de 70 anos de idade, que se classificaram respetivamente em 1º e 2º lugares.

Muitos participantes competiram em nome individual, mas muitos outros inscreveram-se como representantes de equipas, clubes e associações tais como Remo Clube Lusitano, Vitória Futebol Clube, São Domingos Futebol Clube, NRD Ídolos da Praça, Tãlentos Team, Clube de Praças da Armada, UDI - União Desportiva para a Inclusão da APPACDM de Setúbal, Núcleo de Árbitros de Futebol da Cidade de Setúbal, Caravela, Beja Atlético Clube, A Broca Setúbal, DXC Tri Amazing, Vasco da Gama Triatlo, São Francisco da Serra, Foxyrunner, entre outras.

Além das provas de atletismo, a Corrida da Liberdade ofereceu também uma aula aberta de zumba, com a instrutora Marisa Santos, promovida pelo Nutriset Gym, que ajudou a aquecer os participantes antes da corrida.

Esta edição do evento revestiu-se de uma componente solidária através da qual a Junta de Freguesia apelou aos participantes que contribuíssem com a entrega de bens alimentares para entregar ao Centro Comunitário de S. Sebastião. Agradecendo a generosidade da autarquia e de todos os participantes, Cláudia Pereira, responsável pela instituição, expressou que “a ajuda de todos é essencial”. O Centro Comunitário de S. Sebastião oferece apoio alimentar semanal a uma centena de pessoas, “número que se prevê que aumente nos próximos tempos, devido à conjuntura económico social”, referiu a responsável.

Organizada pela Junta de Freguesia de São Sebastião e o movimento associativo da freguesia, a Corrida da Liberdade contou com a colaboração e apoio da Câmara Municipal de Setúbal, da Associação de Atletismo Lebres do Sado, da Werun, do Instituto Politécnico de Setúbal, da Fundação Inatel, da Santogal Setúbal, do Nutriset Gym, do Centro Comunitário de S. Sebastião, da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal e do Agrupamento de Escuteiros 1262, N.ª Sr.ª da Conceição. Na despedida, o presidente da Junta de Freguesia fez questão de agradecer aos parceiros, assim como a disponibilidade e diligência dos trabalhadores da autarquia.